quinta-feira, 15 de maio de 2014

Crítica: Filme


Crítica ao filme Capitão América: O Soldado Invernal

Sinopse: Dois anos após os acontecimentos em Nova York (Os Vingadores - The Avengers), Steve Rogers (Chris Evans) continua seu dedicado trabalho com a agência S.H.I.E.L.D. e também segue tentando se acostumar com o fato de que foi descongelado e acordou décadas depois de seu tempo. Em parceria com Natasha Romanoff (Scarlett Johansson), também conhecida como Viúva Negra, ele é obrigado a enfrentar um poderoso e misterioso inimigo chamado Soldado Invernal, que visita Washington e abala o dia a dia da S.H.I.E.L.D., ainda liderada por Nick Fury (Samuel L. Jackson).

Crítica: eu confesso, esse é o meu filme favorito da marvel agora, superando até Vingadores, já que gosto de filmes mais sério, que é o que Capitão América 2 é. Vou começar com os pontos ruins, por que são poucos. A uma cena, quase no começo, em que o Capitão saí no braço com o inimigo principal de um navio (sem spoiler, foi tudo mais explicado mesmo) e de repente o cara começa a provocar ele e o Capitão tira a mascara e o escudo, para provar para o cara que podia ser mais que aquilo, e eu achei isso ridículo, muito desnecessário, o Capitão América não precisa ficar se provando para um cara desses, apenas tem que acabar com ele e leva-lo preso. 
 Também acabei ficando um pouco sismada com o designe do braço do Bucky. Para quem não sabe, aquele braço prateado é mecânico, e por isso que ele consegue segurar o escudo do Capitão com tanta facilidade.

 Achei que eles mostraram bem a força que aquilo tem, mas para quem não sabe que ele tem esse braço mecânico (já que eles só explicam isso mais para o meio ou final) fica meio difícil identificar, a não ser é claro pelas evidencias nas lutas, como segurar o escudo. Mas é totalmente aceitavel já que nas HQs também é assim.

 Agora as coisas boas (senta que lá bem historia, e longa). 
 O filme é claramente o mais denso da Marvel até agora (por que quase só teve comédia, vamos confessar). Eu adorei todo o clima de espionagem e tensão colocados.
 As cenas de perseguição são um deleite para os olhos, principalmente a minha cena favorita, a perseguição ao Nick Fury.
 A piadas nos filmes, mas são discretas e passam em momentos bons, não são como as piadas de Thor 2, em que o cara pega um trem durante a batalha final.
 Fui assistir com dois amigos, e concordamos que todas as lutas foram muito boas e bem coreografadas, o que faz sentido, já que o Capitão e todos os personagens do filme, são no estilo mais realista de lutar, sem poderes ou armas enormes (sim Homem de Ferro, estou olhando para você). 
 A Viúva Negra ganha mais destaque no filme e gostei da participação dela, finalmente vemos ela em ação de verdade.
 Para finalizar digo, esse filme com certeza terá que se ligar a muitos outros da Marvel, por que o que acontecesse nele é essencial para o universo.

Trivia: 

- Adorei a cena pós-créditos, me deixou ansiosa (não vou falar mais para não dar spoiler).
- Um pequeno salve para o caderno de notas do Capitão, que muda dependendo do país. Veja.

1 lista capitão
Tirado do blog Complexo Geek